Gerador de Nomes para Startups

Gere ideias de nomes para a sua Startup em baixo

Como escolher o nome da sua Startup

A escolha de um nome para uma startup é sempre um momento complicado, por isso, opte por um nome criativo, que soe bem e que demonstre o que a sua startup representa. Enquanto espera por alguma ideia genial, existem vários fatores que deve ter em conta.

Antes de mais, é obrigatório que o seu nome comunique com o público. Seja um negócio de produtos de luxo ou de produtos divertidos, o nome deve indicar o que faz e adequar-se ao mercado em questão. Por exemplo, uma empresa de tecnologia que se chame “Esperança” não faz muito sentido, além do nome não possuir relevância no mercado, não fica claro o que a startup apresenta. 

O nosso Gerador de Nomes para Startups irá encaminhá-lo na direção certa para criar um nome perfeito. Neste artigo, além de o ajudarmos a obter inspiração para dar um nome à sua startup, iremos observar os Objetivos da Marca, Público-Alvo, Interesses Demográficos, Análise de Nomes da Concorrência e Discussões de Ideias para alcançar o sucesso.

Escolha um nome de marca curto

Criar um bom nome para uma startup não é tão fácil como parece, especialmente nos tempos que vivemos hoje, onde a capacidade de chamar à atenção é cada vez menor. O primeiro passo para deixar uma marca nas pessoas, é escolher um nome curto, fácil de lembrar e relevante.

Pense na Google, Amazon, Nike, Zara, Apple e Starbucks. Consegue imaginar estas marcas a ter o sucesso atual, se tivessem mantido os seus nomes originais? A Nike seria “Blue Ribbon Sport”, um nome grande e chato. A Google ainda seria “Back Rub”, um nome estranho e completamente aleatório. 

Mas o que têm todas estas marcas em comum?! 15 caracteres. Um nome curto e fácil de identificar é essencial para o crescimento das empresas. Um nome longo será difícil de lembrar e de incorporar no marketing e comunicação da startup. Aprofundamos este tema em Gerador de Nomes para Marcas.

Objetivos da Startup

Onde quer que a sua empresa esteja daqui a 10 anos? Ninguém pode prever o amanhã, mas ter objetivos claramente definidos e entender que o nome errado pode ser restritivo no futuro, irá ajudá-lo a encontrar um nome perfeito e o caminho para a construção da identidade da sua marca. 

Ao escolher o nome da sua startup, evite um nome que seja de “nicho”, um nome que inclua uma localidade, um produto ou serviço específico. Uma empresa começa de forma pequena e depois expande-se à medida que se desenvolve no mercado. Pense na Amazon, começou por uma empresa de venda de livros online numa garagem e neste momento é uma marca global de comércio eletrónico. 

No início todos os nomes podem parecer uma boa opção, mas quando chegar a hora de expandir poderá enfrentar alguns obstáculos. Por exemplo, criou um negócio de bolsas produzidas à mão e decide que a marca chamar-se-á “ Bolsa à Tiracolo”, até aí tudo bem, é um nome descritivo e interessante. Mas, agora quer expandir o negócio e produzir outros acessórios, terá de alterar o branding da marca, caso contrário a sua empresa estará limitada pelo nome. 

Público-Alvo

Dar um nome à sua startup requer pesquisa. Descubra curiosidades e histórias que possam estar associadas ao seu nicho para captar a atenção do seu público. Pergunte-se, quais são os interesses do meu público-alvo? Que marcas é que associam a determinado nicho e porquê? Depois de definir o público-alvo, pode começar a pensar num nome que fique nas suas mentes e que ajude o negócio a crescer.

Pense no seu nicho e nas tendências atuais dentro dele. Por exemplo, para o nicho de produtos de beleza e maquilhagem green friendly, pode considerar a maquilhagem sustentável e produzida à base de produtos naturais como tendência. 

Pesquise as últimas tendências, realize questionários online, crie estratégias e perceba qual o nome e produto que terá melhor aceitação. Conhecer os clientes e as suas preferências será fundamental para alinhar a sua marca, o desenvolvimento dos produtos e a satisfação do consumidor.

Startup tecnológica específica

Se estiver a pensar em criar uma startup tecnológica, antes de escolher o nome do seu negócio considere se o seu público-alvo é B2B ou B2C. As empresas B2B (Business to Business) vendem para outras empresas, enquanto as B2C (Business to Consumer) vendem para o consumidor final. 

Uma empresa de tecnologia B2B deve ter um nome mais perceptível do que uma empresa de tecnologia B2C. Por exemplo, a Apple é uma marca mais alegre, divertida e facilmente identificável (B2C) do que a Microsoft (B2B). O nome da Microsoft é sério, descritivo, relevante e fácil de associar a uma empresa de software. 

Tome o exemplo da empresa IBM, Internacional Business Machines. O acrónimo é curto e fácil de lembrar, mas o nome é grande, sério e difícil de recordar. A maioria das pessoas não sabe o que as siglas representam, mas para aqueles que sabem, é possível ver claramente que é uma empresa que envolve negócios internacionais sérios e que trabalham com tecnologia. O nome completo é poderoso, mas no que toca ao mercado não é atrativo, por isso a empresa utiliza o acrónimo. 

Para a sua startup de tecnologia, deve ter em consideração: A sua empresa é uma empresa B2B ou B2C? Quando decidir o seu público-alvo, utilize uma linguagem que informe as pessoas sobre o que a sua empresa faz. 

Análise de nomes para Startups

AimBrain

Inicialmente desenvolvida para bancos, esta empresa trabalha com autenticação biométrica, como o reconhecimento facial, de voz e comportamental, a fim de prevenir fraudes. O uso do termo brain (cérebro, em inglês) está associado ao sistema inteligente da empresa. O nome é fácil de lembrar e dá a ideia de um sistema sério de prevenção contra fraudes bancárias. No entanto, a natureza alegre do nome pode ser limitadora no seu crescimento. 

Oxbotica

Trata-se de uma startup tecnológica que desenvolve veículos autónomos. A primeira parte do nome é Ox, com base na localização da empresa que fica em Oxford, Inglaterra. “Botica” deriva da robótica, o que nos leva automaticamente a associar esta startup a um negócio inovador que envolve tecnologia. A palavra é foneticamente interessante, fácil de lembrar e o significado por detrás dela só se justifica após uma análise mais profunda.

AirBnB

A história de três amigos que passaram de uma empresa de aluguer de colchões para um negócio de 10 mil milhões de dólares. Em 2007, dois amigos não conseguiam pagar a renda do seu apartamento, por isso alugaram três colchões insufláveis (airbeds em inglês) no chão da sua sala de estar e cozinharam o pequeno-almoço dos seus hóspedes (breakfast em inglês). Daí o nome ser “AirB”, de airbeds e “nB” de and breakfast. A palavra é criativa e fácil de pronunciar. 

Graphcore

Esta startup desenvolve um potente processador IUP (Intelligence Processing Unit) para aplicações com Inteligência Artificial. O conjunto de palavras usa os termos “graph” e “core”. “Graph” refere-se ao gráfico e “core” significa o sistema central interno do sistema de computação, por isso quando ouvimos ou lemos esta palavra associamos a uma empresa tecnológica.

Improvável

Uma startup que desenvolveu uma plataforma para criar aplicações de realidade virtual e alternativa. O nome refere-se à natureza improvável da realidade virtual, assim como sugere que a empresa está a criar algo improvável aos nossos olhos. É fácil de lembrar, curto e não é restritivo de forma alguma. 

The Clear Cut

Uma startup em Nova Iorque que permite aos seus clientes criarem os seus próprios anéis de compromisso. “Clear” (transparente) refere-se à cor dos diamantes e “Cut” (corte) à moldagem de jóias preciosas na joalheria. O nome não os restringe apenas a anéis de compromisso e permite-lhes expandir a marca no futuro para criar uma joalheria de luxo, alta qualidade e personalizada. 

Ideias de nomes para Startups

Encontrar o nome ideal para a sua startup não é fácil. E é por isso que algumas das maiores marcas que conhecemos hoje, começaram com algo completamente irreverente. O seu nome deve ser criativo, relevante, curto, fácil de pronunciar e de lembrar.

Analise as últimas tendências e pondere no engagement que o seu nome terá quando trabalhar a comunicação e o marketing da marca. Pense em termos, palavras e frases que se relacionam com a sua área e noutras ideias abstratas que possa relacionar com a essência da mensagem por detrás da sua marca. 

Use o nosso Gerador de Nomes para Startups e gere milhares de ideias de nomes baseadas em palavras-chaves escolhidas por si nas suas sessões de discussão de ideias, ao mesmo tempo que verifica a disponibilidade do domínio. 

Após ter desenvolvido uma lista de palavras ou termos, elimine aqueles que considera irrelevantes. Pense sobre quão facilmente essas palavras podem ser entendidas, traduzidas e lembradas. Por fim, peça opiniões a outras pessoas, conheça pessoas que se encaixam no seu público-alvo, não apenas amigos e familiares. Eles percebem o nome da marca? Eles conseguem pronunciá-lo? E como soa? 

Aqui está uma lista de palavras relacionadas com a tecnologia para o ajudar a começar: 

  • Tecnologia
  • Robótica
  • Inovação
  • Segurança Virtual
  • Nano
  • Micro
  • Aplicativo
  • Ótico
  • Algoritmo
  • Quântico
  • Pixel
  • Resolução
  • Software
  • Hardware
  • Operação
  • Data
  • Dados
  • Processos
  • Código
  • Assinatura
  • Arquivo
  • Script
  • Install
  • Mega

Nomes para Startups: Dicas a ter em conta

  1. Curto, fácil de lembrar e pronunciar: Quando alguém ouvir o nome da sua startup, deve ser capaz de o escrever e pesquisar mais sobre a mesma na internet; Se decidir arriscar num nome divertido e estranho de pronunciar, não se esqueça que poderá ser mais difícil para o público encontrá-lo e até lembrar-se dele.
  2. Original: Ao pensar num nome para a sua empresa aproveite para transmitir a personalidade e valores da sua marca.
  3. Relevante: As pessoas esperam um nome que indique o que você faz, quais os serviços ou produtos que apresenta. 
  4. Crie proximidade com o público: Ao mesmo tempo que não quer um nome chato para o seu negócio, também não quer um que seja muito distante das pessoas. Fale do seu negócio com um estranho e pergunte se eles se sentiriam orgulhosos em dizer onde trabalhavam, por exemplo, “Gosta de trabalhar na Apple?”. O nome deve soar bem em voz alta também. 
  5. Não se limite: Evite um nome que seja de “nicho”, um nome que inclua um produto singular, uma localidade ou um serviço específico, caso contrário no futuro a sua expansão enfrentará obstáculos. 
  6. Público-Alvo: Conheça o cliente ideal e as suas preferências para poder alinhar a sua marca e desenvolvimento do negócio. Por exemplo, se o seu público-alvo são grandes bancos internacionais, provavelmente quer um nome corporativo mais sério e formal de uma empresa de venda de bolsas diretamente ao público de um festival. 
  7. Disponível:Faça uma pesquisa na internet e descubra o porquê da sua concorrência optar por determinados nomes. Depois procure todas as suas ideias de nomes favoritos e tenha a certeza que nenhuma delas foi já usada. 
  8. Não desrespeite nenhuma marca registada: Antes de tomar qualquer decisão final, veja se o seu nome não desrespeita nenhuma marca registada já existente. Pesquise em https://www.uspto.gov/ e noutros sítios de patentes para descobrir se pode registar esse nome. 
  9. Verifique o domínio e as redes sociais: Para obter um melhor resultado deverá ter o mesmo nome em todas as redes sociais, plataformas e ter o seu nome de marca e domínio. 
We use cookies to offer you our service. By using this site, you agree to our: Cookie Policy