Gerador de Nomes para Produtoras de Vinho

Gere ideias de nomes para produtores de vinho em baixo

Como escolher o nome certo para a sua produtora de Vinho?

Para definir o nome da sua produção comece por escolher os elementos que deseja realçar.
Determine aquilo que compõe na íntegra o “ser” do seu negócio, da sua visão. Poderá querer dar ênfase à tradição como poderá querer destacar as castas utilizadas, no entanto o importante é que espelhe a alma do seu negócio.

Nós, seres humanos, somos dotados para “ver” imagens na nossa mente, quando lemos ou ouvimos algo. Incluir elementos visuais no nome da sua produção será uma poderosa ajuda para a memória. O nome torna-se uma extensão natural da marca, transparece ao mercado os seus valores e o seu posicionamento. Procure incluir tanto os seus valores como as suas características ou as que diferenciam a sua produção de vinho das outras.

Após ter estes objetivos definidos, escreva todas as palavras que lhe passem na cabeça, as qualidades que quer que o seu vinho tenha, o que pensa que o público procura, onde se quer posicionar no mercado.  Aponte todas as palavras que lhe surgirem, aconselhamos que escreva mesmo num documento e vá fazendo ligações entre elas.

Escolhas de sucesso

No tópico a seguir prepare-se para ficar inspirado com exemplos de nomes de produtores de sucesso!

Quinta do Vallado (Portugal)

Uma produtora de vinhos com 3 séculos de história. Um nome proveniente de várias gerações, de uma família que com “persistência, resistência e resiliência” fizeram desta produtora de vinhos a número 49 das 100 melhores do mundo.

Pepper Bridge Winery (USA)

O nome Pepper Bridge Winery, deriva de uma antiga estrada militar que atravessava o rio na quinta da família Pepper. Esta travessia de águas baixas era conhecida como “Pepper’s Crossing” e foi substituída por “Pepper bridge” em 1800. Mais tarde, em 1998 deu origem ao nome da produtora de vinhos..

Estate Argyros Winery (Grécia)

O nome desta produtora de vinhos tem origem no nome da sua família. Foi estabelecida em 1903, mas a família Argyros esteve envolvida na produção de vinho durante décadas.

Anselmo Mendes (Portugal)

Este nome tem origem no seu criador,  Anselmo Mendes, filho de uma família de agricultores. A paixão pela terra levou-o a estudar agronomia e a criar um percurso excelente, que tem feito desde 1997 ate à  atualidade. Fazendo da sua produtora de vinhos, uma das 100 melhores do mundo!

Aceda ao “Top 100 Winerys” e veja todas as produtoras do top 100 do mundo.

Como vimos pelos exemplos referidos acima, os nomes das produtoras de vinho podem ter origem em vários pontos como a família, história geográfica ou até mesmo no seu próprio nome e percurso. O importante é que espelhe o que realmente representa e acredita!

Público-alvo

É muito importante que saiba onde se vai posicionar ou de que forma vai atingir os públicos que deseja. Poderá produzir vinhos de qualidade para vários segmentos, mas é importante que os defina antecipadamente e que esteja de mãos dadas com o nome e conceito da sua produção de vinhos. 

Aconselhamos que faça uma análise “SWOT” ou em Português “FOFA”. A analise SWOT é uma forma simples de posicionar ou verificar a posição estratégica de uma empresa no seu ramo de atuação. O termo SWOT é a abreviatura das palavras Strenghts, Weaknesses, Opportunities e Threats que significam Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças (FOFA).

Agora questione-se:

  1. Como é que as minhas forças podem defender as ameaças?
  2. Como é que as minhas fraquezas podem atrapalhar as minhas oportunidades?
  3. Como é que as minhas forças podem potencializar as oportunidades?
  4. Como é que as minhas fraquezas podem tornar as ameaças ainda maiores?

Depois de ter respondido a estas questões, retire os pontos importantes e use-os para a criação de um nome mais marcante e diferenciador para a sua produção de vinhos.

Marketing e Estratégia

Analise bem as estratégias de marketing para o nome da sua produção de vinhos. Crie uma estratégia a curto, médio e longo prazo, adapte-se aos momentos e épocas em que vivemos e monte a sua própria estratégia de atuação. O Marketing é essencial para o seu nome / marca se posicionar no mercado, ser visível e impactante.

Há inúmeros tipos de marketing que pode utilizar, escolha os mais corretos. Poderá utilizar o marketing digital (presença em redes sociais) ou marketing offilne, como é o caso dos outdoors.  As estatísticas também mostram que 76% das decisões de compra são feitas no próprio ponto de venda por isso aconselhamos que trabalhe bem o trade marketing, ou seja tudo que seja promoções de loja e merchandising.

É de elevada importância para a sua marca criar uma boa perceção sobre si no seu cliente. Trabalhe bem com as cores e com neuro marketing para que o seu nome fique na memória dos consumidores. Desta forma obterá resultados muito positivos! Não fique à espera, trate já da sua estratégia!

Philip Kotler e Nancy Lee no livro sobre Marketing que lançaram em (2007) referem: “O marketing é muito mais do que publicidade, trata-se de conhecer a empresa conhecer os seus clientes, parceiros e concorrentes”.

História e Curiosidades

Sabia que o vinho é constantemente citado no Velho Testamento da Bíblia? São 146 citações! Algumas vezes como um prazer outras vezes como um vício a ser evitado…

O vinho sempre esteve presente na história da nossa humanidade, mas incorporou-se na civilização ocidental de maneira muito profunda, mais do que em outras culturas. Isso foi devido à importância ritual que os gregos e, depois deles, os romanos deram à bebida. Já que falamos nisso, sabe qual é o nome do Deus Grego do Vinho? Dionísio! E que depois os Romanos Apelidaram de Baco?!

Mas qual é o segredo da uva? Simplesmente não tem segredo algum…Saiba que a uva é a única fruta que tem uma tendência natural à fermentação. Uma vez espremida, o seu sumo entra em contacto com as leveduras (que estão presentes na casca) e desta forma dão origem ao processo de fermentação, gerando assim o álcool.

As importações e exportações do vinho sempre foram importantes na história da humanidade, tanto para fortalecer e animar as tropas nos tempos de guerra como para ajudar na economia de cada país. Conta a história que no séc. XIII o Rei Eduardo II encomendou o equivalente a 1 milhão de garrafas para a festa do seu casamento! E que festa deve ter sido!

E o que dizer dos números de exportações nos dias de hoje? Portugal, nos últimos dez anos, tem crescido a um ritmo de 3,3 % por ano e o vinho representa 2,4% do total de exportações nacionais, tendo alcançado 856 milhões de euros em 2020.

Em 2020, devido à pandemia a todas as restrições. o recuo foi global e o comércio dos vinhos não foi exceção. Contrariando a situação em geral, e num ano desafiante como foi o 2020, o vinho Português cresceu 4,5%. Em 2021 apenas dois países, produtores de vinho conseguiram aumentar as suas exportações e um deles foi Portugal, alcançando o valor mais alto dos últimos dez anos, rondando os 13%. Para o ano de 2022 as estimativas são muito animadoras. A Vini Portugal, prevê um crescimento de 10% comparativamente aos valores de 2022.

Sabe quais são as zonas vitivinícolas de Portugal? Deixamos aqui o mapa com as discrições para que seja de fácil perceção. Quem sabe se será a zona vitivinícola em que estará instalado, que irá inspirar o nome da sua produção de vinho!

We use cookies to offer you our service. By using this site, you agree to our: Cookie Policy