Gerador de Nomes para Livrarias

Gere ideias de nomes para a sua empresa de livros em baixo

insertgenerator id=”1″]

Como escolher o nome certo para a sua livraria?

O mundo vive e cresce com base no conhecimento adquirido e partilhado e a escrita é um dos fatores cruciais para que isso aconteça, pois é através dos livros que se adquire o conhecimento por diversas áreas.

Livrarias foram, são e continuarão a ser essenciais na nossa vida. Mesmo com a tecnologia a evoluir de uma forma impressionante, os leitores em geral gostam de sentir o toque do papel e a concretização de um livro a terminar. Sensações que a tecnologia não transmite. Mas empresas de livros também já editam e publicam livros de forma virtual.

Como sabe é uma área com muita concorrência e para que a sua livraria se destaque das restantes terá que lhe dar ênfase com o nome certo. Existem vários fatores que o ajudam a destacar o seu nome, mas antes disso vamos analisar casos reais de empresas de livros que atingiram o seu sucesso.

Escolhas de sucesso

Penguin Books – O fundador Allen Lane disse à sua equipa que queria um logótipo “digno, mas vibrante” para a sua empresa, Livros Pinguim. A imagem do pinguim foi desenhada em 1935 por um dos empregados da empresa depois de uma visita ao zoológico.

Random House – Atualmente, uma das maiores empresas de livros do mundo, o Random House recebeu o seu nome em 1927. Os fundadores Donald Klopfer e Bennett Cerf decidiram publicar alguns livros e já que não havia um padrão para a escolha dos tipos de títulos, eles escolheram o nome de “Random house” para a sua editora.

HarperCollins – A empresa era conhecida inicialmente como Harper e o seu nome foi baseado nos seus fundadores James e John Harper. Com o passar do tempo, o seu nome foi alterado algumas vezes, de Harper para Harper & Brothers e depois para Harper & Row. A empresa foi adquirida pela NewsCorp, que também adquiriu a empresa britânica Williams Collins & Sons. A combinação das duas empresas foi o que levou ao surgimento do nome atual.

McGraw-Hill Education – A empresa carrega o nome dos seus fundadores James H. McGraw e John A. Hill. Em 1986, o que era inicialmente a McGraw-Hill comprou a empresa The Economy Company, uma grande editora de livros educacionais. Foi assim que a parte final do nome surgiu.

Tin House – Inicialmente, a empresa foi criada como uma editora de revistas cujo editor vivia literalmente numa casa de latas no nordeste de Nova York. Até hoje, a Casa de Latas é o lar da grande empresa editora de livros.

McSweeney ‘s Na sua infância, o fundador Dave Eggers e a sua mãe Heidi McSweeney Eggers recebiam várias cartas de um homem que alegava ser um parente da família. O homem era um artista chamado Timothy McSweeney e foi descoberto com o passar do tempo que ele sofria de uma doença mental. Dave Eggers depois disse que denominou a empresa de livros como homenagem ao escritor das cartas.

Há várias formas e diferentes origens que podem resultar no nome certo para a sua empresa de livros, não se limite e faça com que o nome da sua empresa de livros espelhe exatamente o que o define, tal como pôde ver nestes exemplos apresentados acima.

Conceito e Público-Alvo

As livrarias possuem uma clientela bem variada. Ela é composta de homens e mulheres, jovens, adultos e crianças. Os interesses do público são bastante dependentes do tipo de livros que a empresa publica.

As livrarias possuem uma clientela mais conservadora, assim como compradores do mercado digital que estão à procura de livros virtuais, livros em áudio e noutros formatos. Obviamente, será difícil inventar um conjunto de interesses em comum para um público tão diversificado.

O conceito da sua empresa de livros dependerá sempre dos valores que transporta e na forma como pretende que o seu público a veja. 

É importante que transpareça segurança, atitude e profissionalismo, pois só dessa forma irá criar uma base sólida do seu negócio, Deverá espelhar esses valores no nome da sua empresa de livros, e se assim o fizer irá atrair o público que defende os mesmos valores e princípios. Desta forma construirá um nome de sucesso e por consequência disso uma livraria de sucesso.

Marketing e Estratégia

As livrarias possuem nomes diversificados que podem ser criativos, práticos ou simplesmente baseados no nome de seus fundadores. Um nome é uma parte integral da divulgação de uma marca e da criação de uma estratégia de marketing eficaz, sendo assim, ele precisa ser escolhido com bastante cuidado.

Se a sua empresa de livros for focada num género em particular ou num tipo de publicação, será uma boa ideia destacar estas características no nome. Os Livros Infantis de Nárnia são um excelente exemplo de uma empresa de livros que sabe bem o que faz e que destaca a sua área de especialização desde o começo no seu nome. O mesmo vale para Mortos por um Mistério (um nome criativo que demonstra a área de especialização, e que também adiciona um pouco de humor negro).

Uma livraria também pode criar um nome inspirado num génio de obras literárias ou no nome de um protagonista dos livros (Patinhos Feios), com um pouco de humor (Acabou o papel!) ou uma mistura de palavras que simplesmente caem bem (Livros da Boa Vida).

Alguns dos termos de marketing pertencentes à indústria são: leia mais, paixão, bom livro, inspiração, cultura, literatura, moderno, clássico, descoberta, novo, amante de livros, nova publicação, independente, indie, história e clássico. Aproveite e utilize o nosso gerador que será uma grande ajuda.

Para além destes pontos essenciais a ter em conta, na escolha do nome para a sua empresa de livros, é importante determinar o caminho até encontrar o nome certo. Assim sendo partilhamos consigo 9 passos cruciais para a escolha do nome certo para a sua livraria.

9 passos para escolher o nome certo para a sua livraria

1. Faça uma análise da concorrência 

Pesquise e faça uma análise da concorrência como o seu primeiro passo para economizar muito tempo no futuro, assim saberá quais os nomes a evitar e os que funcionam no mercado. Quando estiver a analisar a concorrência pense sobre: 

  • Quais os valores do negócio? O nome transmite esses valores? 
  • Existe alguma tendência nos nomes desses negócios? Evite tendências, pois essas são passageiras e podem ser um obstáculo para a sua expansão futura.
  • Qual dos nomes é o melhor? E porquê? Pegue nessas respostas e pense de que forma pode produzir um nome melhor. 

2. Foque-se em dar um nome à sua empresa de livros, não em descrevê-la

Quando dizemos para transmitir a mensagem ou valores do seu negócio, não queremos dizer que o faça literalmente. Esta é uma armadilha típica que a maioria dos negócios cai, pois usam termos cansados, isto é, palavras que já são usadas em excesso. Experimente dar um nome que tenha uma história por detrás disso. 

O nosso cérebro cria imagens e associações enquanto conversamos e se por detrás do nome que escolher existir uma história ou um percurso, isso fará com que seja facilmente recordado. 

3. Crie um brainstorming das suas ideias

Crie um brainstorming das palavras que podem estar associadas ao seu negócio e produtos que apresenta. Reúna tudo que lhe vier à cabeça, ideias, nomes, imagens. Tudo literalmente, não limite a sua criatividade e deixe-se levar.

Neste ponto, o seu objetivo é criar uma lista de palavras ou nomes que lhe venham à mente quando pensar no seu negócio. Caso esteja com falta de ideias, utilize o nosso gerador de nomes que será certamente uma excelente ajuda.

4. Faça uma lista restrita das suas ideias

Após ter desenvolvido uma lista de possíveis nomes, faça uma análise das suas ideias. Retire qualquer nome que possa ser difícil de lembrar, pronunciar ou dizer em voz alta. Opte por nomes característicos, que soem de forma positiva, sejam fáceis de memorizar e que comuniquem os valores do seu negócio ao seu público-alvo.

Utilize o próximo checklist para o ajudar a encurtar a sua lista de nomes: 

  • O nome é simples e fácil de lembrar?
  • O nome é fácil de ler e dizer em voz alta?
  • O nome é diferente da concorrência?
  • O nome transmite um significado relevante?
  • O nome evita palavras usadas em excesso ou clichés?

5. Crie um nome memorável 

Criar um nome de negócio memorável é o primeiro passo para entrar na mente do cliente. O seu nome deve ter como objetivo parar um cliente no seu caminho para entrar na sua empresa de livros ou abordá-lo e dar uma informação extra sobre o seu negócio face a outros concorrentes. 

Utilize rimas ou aliterações, experimente usar palavras que sejam relevantes, mantenha-o curto e simples e assim obterá um nome de sucesso para a sua empresa de livros.

6. Verifique se o nome está disponível ou já foi registado

Para não correr o risco de tomar uma decisão sobre o seu nome e depois perceber que já foi utilizado por outra empresa verifique se o nome já foi registado. Tenha pelo menos três a quatro grandes nomes comerciais para o seu negócio, para caso algum dos nomes já tenha sido utilizado, ter outras alternativas.

Procure o nome nas redes sociais, faça uma pesquisa no Google e certifique-se que não existe nenhum domínio de website registado. É importante que o nome não esteja registado tanto no domínio como nas redes sociais, para que possa alinhar o seu negócio em ambas.  

7. Experimente comprar nomes característicos de empresas

Nomes característicos de empresas são nomes que não possuem sentido, mas quando são lidos soam bem. Estes nomes frequentemente usam padrões de letras (Vogais/Consoantes/Vogais), pois essas estruturas são tipicamente curtas, atraentes, fáceis de pronunciar e lembrar. Poderá encontrar uma lista completa de nomes de empresas características em Domainify.com

8. Evite combinações de palavras apenas para criar um nome único

Outro erro que os empresários cometem várias vezes é criar péssimas combinações de palavras quando descobrem que as suas ideias de nomes já estão em uso. Por exemplo, pensou num nome para a sua livraria e descobriu que já estava a ser usado, neste caso passe para outras alternativas em vez de optar por nomes similares. 

Ao criar estas combinações estará a dar um passo atrás na sua empresa, uma vez que estes nomes não são atraentes, fáceis de pronunciar ou lembrar.

9. Peça opinião 

Depois de ter uma lista de nomes que considera boas ideias para a sua empresa de livros, peça a opinião de potenciais clientes ou pessoas que trabalham no mercado. Evite opiniões de familiares e amigos, pois estes estão mais propensos a elogiar as suas ideias e não são seus clientes. Faça perguntas como “Qual a primeira coisa que lhe vem à mente quando escuta o nome? Como se soletra? 

Peça para lerem o seu nome em voz alta e perceba qual das ideias tem mais potencial e lhe parece mais próximo do seu negócio. Através das respostas dadas, pergunte a si próprio se o nome continua relevante e se representa a sua empresa de livros da forma que planeava. 

Seguindo e concretizando o que referimos nestes 9 passos, estamos certos que encontra o nome de sucesso para a sua empresa de livros. Acompanhar as principais tendências no mercado que atua é uma forma ideal de garantir que seu negócio continue relevante no mercado. 

Palavras Tendência

Aqui estão as palavras tendência mais usadas em nomes para livrarias

  • Livro
  • Conto
  • Poema
  • Edição
  • Editorial
  • História
  • Aventura
  • Adultos
  • Romance
  • Infantis
  • Livraria
  • Antigo
  • Editora
  • Educação
  • Escolar
  • Páginas
  • Académico
  • Feira
  • Familiar
  • Música
  • Sentidos
  • Letras
  • Escritor
  • Redação
  • Versão
  • Sucesso
  • Popular
  • Misterioso
  • Intrigante
  • Prólogo

Livro em outros Idiomas

Pense em usar palavras estrangeiras no nome do seu negócio para dar a impressão de uma marca exótica e internacional.

Latim: Liber

Francês: Livre 

Inglês: Book

This site uses cookies to enhance user experience. Cookie Policy