Gerador de Nomes para Restaurantes

Preocupe-se em preparar os melhores pratos e deixe que o Gerador de Nomes para Restaurantes encontre o nome ideal para você!

Como Encontrar Denominações Comerciais Incríveis

Durante os meses mais críticos da pandemia do novo coronavírus, alguns segmentos tiveram perdas significativas – empresas de eventos e alguns restaurantes que não faziam entrega, por exemplo, encontraram bastante dificuldade para manter as portas abertas. 

As particularidades do momento exigiram adaptação e perseverança, como sabemos. 

Felizmente, com o avanço da vacinação e algumas modificações econômicas, muitos estabelecimentos voltados para a alimentação voltaram a crescer. Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, há uma projeção de alta de 5% no faturamento ainda em 2022.

Se você está pensando em abrir um restaurante, seja para receber clientes presencialmente ou para fazer entregas, pode se alegrar: as possibilidades são animadoras! 

É importante, no entanto, que você se planeje e organize todas as questões burocráticas, de saúde e higiene relacionadas à abertura de um espaço do gênero.

Outra coisa fundamental nesse aspecto é pensar em um nome que seja capaz de deixar clara a natureza do seu empreendimento e dialogar com as pessoas certas. Se você tem dúvida sobre como fazer isso, fique tranquilo.

Neste artigo, falaremos um pouco mais sobre o processo de naming e as suas particularidades. Depois disso, apresentaremos a você uma ferramenta e tanto: o Gerador de Nomes para Restaurantes. Confira!

O Poder de um Bom Nome

As denominações são capazes de nos fornecer informações importantes sobre um empreendimento, já que não apenas descrevem aquilo que ele faz, mas podem transmitir a sua essência, desejo de impacto no mundo, valores, etc.

Quando falamos sobre restaurantes, os nomes servem para nos dizer qual é o tipo de culinária oferecida naquele lugar, mas também podem nos dar dicas do que move as pessoas que estão por trás do menu e do funcionamento cotidiano.

Vamos dar um exemplo bem expressivo. Há um restaurante vegano em São Paulo que se chama Green Kitchen. Todos os pratos, como se pode imaginar, são feitos sem ingredientes de origem animal. 

A marca também dialoga com questões ambientais: isso explica porque o “Green” do nome é tão marcante. 

Ele faz menção tanto às plantas, que geralmente têm coloração verde, quanto à necessidade do desenvolvimento de uma consciência ambiental pela sociedade, que vem com a diminuição do consumo de carne e produtos de origem animal.

Essa é uma estratégia bastante comum em restaurantes que dialogam com questões de sustentabilidade e questionam hábitos comuns da mesa do brasileiro. Se você pensa em abrir um restaurante com algum grau de especificidade, vale pensar sobre as palavras e conceitos que melhor expressam essas ideias.

Por Onde Começar?

Primeiro, é preciso que você defina quais serão os serviços oferecidos e as particularidades deles. Se você tiver um restaurante vegano, utilizando o último exemplo que demos, será necessário pensar sobre os pratos, as necessidades nutricionais e o tipo de culinária em si antes de escolher um nome.

Há espaços do gênero, por exemplo, que servem hambúrgueres e outros pratos mais gordurosos, em uma alternativa sem carne dos restaurantes fast food, como o Mcdonald ‘s ou o Burger King. Outros, por sua vez, preferem focar em alimentos funcionais, brotos, grãos, etc.

Para cada um desses estabelecimentos, será necessária uma abordagem de comunicação, uma definição de propósitos e uma análise de mercado específica. Embora o público vegano possa ir a ambos os lugares, o perfil de quem consome cada uma das possibilidades é bastante distinto.

Entendendo quem você é

Para que você chegue às palavras que melhor descrevem o seu empreendimento – e que poderão ser utilizadas em nosso Gerador de Nomes para Restaurantes -, você precisará, como mencionamos há pouco, entender o seu negócio em seu cerne.

O que ele oferece e para quem? Por que você fez essa escolha, se existem diversas possibilidades gastronômicas? Entenda: quando você decide criar um restaurante mexicano, por exemplo, isso possivelmente veio de algum lugar. Qual foi?

Compreender as razões pelas quais você iniciou um projeto permite que você entenda onde quer chegar com ele. O propósito da sua marca, ou seja, o impacto que você deseja promover no seu setor ou na sociedade, é definido por meio dessa análise sincera.

Empresas que têm uma razão forte para existir tendem a criar políticas que visem instruir bem os seus funcionários, criar melhores relações – uma vez que estão todos orientados para o mesmo objetivo – e aumentar a sua autoridade perante o mercado.

Sem propósito, você será um barco à deriva. Essa, por motivos óbvios, não é uma coisa desejável.

Definindo o seu público

Pessoas que não gostam de peixe cru dificilmente irão a um restaurante japonês, a menos que ele tenha opções de peixes grelhados ou fritos, certo? Da mesma forma, é bastante improvável que alguém que tem intolerância à glúten escolha um restaurante de massas como programa de sábado à noite.

Todos os estabelecimentos possuem um público-alvo específico. Para que entendamos melhor: utilizamos o termo público-alvo para falar sobre o conjunto de pessoas que têm interesses nos produtos ou serviços de uma determinada marca.

Dentro desse grupo de indivíduos, há predominância de gênero, localização, escolaridade, poder aquisitivo, entre outras coisas.

Conhecer esses detalhes permite que possamos oferecer nossos serviços às pessoas certas e atender às expectativas que elas têm em relação ao que podemos lhes dar.

Todas as nossas estratégias de marketing, assim como a escolha do tom de voz e meios de comunicação, estão intimamente ligados às potências e perspectivas de nosso público-alvo.

Se você tem dúvidas sobre o assunto, é a hora de promover pesquisas de opinião, estudar a concorrência, analisar o comportamento de possíveis clientes nas redes sociais e, se possível, consumir conteúdos acerca do seu segmento.

Uma última coisa, antes que avancemos: as palavras que você encontrar para descrever o seu público, assim como os valores e proceder do seu estabelecimento, podem ser utilizadas para criar denominações impecáveis em nosso Gerador de Nomes para Restaurantes.

Dicas Para Criar Nomes Memoráveis

A seguir, falaremos sobre alguns aspectos que, aplicados em denominações comerciais, podem colaborar para que elas se tornem mais interessantes, “Virais” e com potencial de atração.

Mantenha-os curtos e diretos

A escolha por denominações com um número enxuto de sílabas ou caracteres é inteligente porque permite que possamos ler, escrever, memorizar e compartilhar o nome de uma marca sem grandes dificuldades.

É uma estratégia, também, escolher até duas palavras para compor o nome de um estabelecimento. Isso é tão comum que a maioria de nós terá dificuldade para pensar em marcas com três ou quatro palavras.

Em tempos de internet, os nomes curtos e simples também facilitam a vida de quem está buscando por um estabelecimento no Google. Denominações complexas, com muitas letras ou palavras que não usamos no cotidiano, tendem a gerar confusão.

Ao fazer uso de nosso Gerador de Nomes para Restaurantes, preste atenção nas sugestões que possuem palavras mais curtas, com boa sonoridade. Fale-as em voz alta e, então, anote as suas percepções sobre o que elas conseguem transmitir.

Depois, converse com pessoas de sua confiança, de preferência do mesmo setor que o seu, e pergunte o que elas sentiram ao ouvir tais denominações pela primeira vez. Esse feedback é útil para que você entenda como o público recebe determinadas palavras ou a junção delas.

Cuidado com as línguas estrangeiras

Não é incomum encontrar restaurantes com nomes em inglês, especialmente se eles são especializados em fast food ou comercializam alimentos fortemente ligados a uma cultura – há, por exemplo, uma franquia chamada FiChips, especializada nos fish and chips britânicos.

Da mesma forma, uma breve pesquisa por restaurantes japoneses em São Paulo nos trouxe os seguintes nomes:

  • Gendai;
  • Yuzuk;
  • Kotay;
  • Waru;
  • Yaki;
  • Koyama;
  • Hajime;
  • Nakajyma;
  • Kyama;
  • Konkai;
  • Nakato;
  • MATSU;
  • Tojiro;
  • Hiroko.

Escolher palavras que estão relacionadas ao cotidiano do Japão, que são nomes de família ou transmitem conceitos relacionados à cultura japonesa faz muito sentido se você tem um restaurante de comida asiática.

Um detalhe importante: mesmo quem não fala japonês consegue pronunciar boa parte dos nomes que mencionamos, não é verdade?

Vamos olhar, agora, os restaurantes veganos de fast food, que oferecem versões sem ingredientes de origem animal de algumas iguarias bem carnívoras, como hambúrgueres, cachorros-quentes e afins:

  • Pop Vegan Food;
  • Green Chef;
  • RAW;
  • NOW Burger;
  • Prime Dog;
  • VegChef;
  • BeFresh;
  • Peace Burger;
  • Planet Vegan.

Em todos os casos que citamos, os nomes estabelecem diálogo com valores, falam sobre os produtos que oferecem e, em geral, conseguem chamar a atenção das pessoas certas. 

Como se pode ver, não há problema algum em fazer uso de vocábulos em outro idioma. O que precisamos, como já dissemos em outro momento, é garantir que seremos entendidos, lidos, escritos e pronunciados sem tanta dificuldade.

Caso seja do seu interesse, você poderá utilizar o nosso Gerador de Nomes para Restaurantes em outros idiomas. Para fazer isso, basta rolar a tela até o final e, então, fazer a troca da língua para aquela que preferir.

Lembre-se do respeito

Por fim, vale dizer que é preciso estar em constante diálogo com a sociedade e com as modificações pela qual ela está passando. 

Já há algum tempo falamos sobre a necessidade de posicionamento por parte das marcas – e, na verdade, a maior parte dos consumidores, hoje, preferem comprar de companhias alinhadas às suas visões de mundo.

Quando as empresas optam por se afastar de discussões, encobrir o seu processo produtivo ou adotar nomes que fazem menção a circunstâncias históricas de violência ou de alguma forma vexatórios, elas estão literalmente deixando de lado aspectos fundamentais do mercado: o respeito pelos seres humanos.

Esse é um erro que não pode ser cometido. Então, na hora de digitar as suas palavras-chave em nosso Gerador de Nomes para Restaurantes, prefira ser associado com vocábulos positivos, que engrandecem em vez de menosprezar, e que não possuem relação com eventos traumáticos.

Como Usar o Gerador de Nomes para Restaurantes?

O nosso Gerador de Nomes Comerciais funciona, como dissemos antes, a partir da inserção de palavras-chave em um campo de pesquisa. Após receber as informações do usuário, o algoritmo criará dezenas de possibilidades de denominações.

Na página de resultados, você pode utilizar os filtros à esquerda para deixar os nomes da maneira como preferir. Além disso, ao clicar sobre o ícone de “estrela”, poderá salvar as suas denominações preferidas para depois, em uma lista de favoritos.

Isso não é tudo. O Gerador de Nomes para Restaurantes permite ao usuário que verifique se as denominações de seu interesse estão disponíveis para compra – e sim, é muito importante saber disso, visto que ter um domínio próprio é muito bem visto!

20 Nomes Criados para Restaurantes criados com o Gerador

Agora, vamos ver o que a ferramenta pode fazer por nós na prática!

Para criar as dez sugestões que você verá, pensamos em um restaurante especializado em fast food. Preferimos, então, escolher o Gerador de Nomes para Restaurantes em inglês. 

Nossas keywords foram: restaurant, hamburger, delicious, fast, food. Perceba que, embora estejam em outro idioma, elas são facilmente compreendidas. Veja alguns resultados:

  • Dr. Fast;
  • Joy Food;
  • Bliss Food;
  • Check Hamburger;
  • Wholesome;
  • Awe;
  • Haven;
  • Fine Food;
  • Foodfluent;
  • Get Fed.

Ainda com o gerador em inglês, pensamos em outro caso: um restaurante vegano, que mira na população mais jovem, mais “deslocada”. As nossas palavras-chave foram: vegan, restaurant, young, love, free. Veja:

  • Love Bites;
  • Vegan Fuel;
  • Vegan Warrior;
  • Chakra;
  • Vegan Type;
  • Love Supply;
  • Cosmo;
  • Vegan Hero;
  • Love Affair;
  • Vegan Heart.

Esperamos que, após a leitura deste artigo, você tenha compreendido um pouco mais sobre a importância de escolher um nome comercial eficaz, inteligente, inovador e em profundo diálogo com o seu público-alvo – e que, claro, esteja pronto para fazer uso de nosso Gerador de Nomes para Restaurantes!

Perguntas frequentes (FAQ)

Além da escolha de local, culinária, menu, tipo de serviço e equipe, é preciso fazer o registro do negócio na Junta Comercial, obter inscrição do CNPJ, garantir alvarás de funcionamento junto ao Corpo de Bombeiros e outros órgãos, registrar o estabelecimento na Secretaria da Fazenda e entrar em contato com a vigilância sanitária.

A nossa ferramenta é inteiramente gratuita e pode ser utilizada em diversos idiomas, quantas vezes o usuário julgar necessário. Não é preciso, para fazer uso da plataforma, fazer qualquer tipo de cadastro.

O registro de uma marca junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial garante a exclusividade daquele nome dentro de um segmento específico. Ou seja: se você não fizer isso, outra companhia poderá utilizar o nome que você escolheu. 

Se ela vier a registrá-lo, o pior acontecerá: você terá que trocar de denominação, o que é terrível para os negócios, e ainda terá que pagar uma multa, o que gera constrangimentos, perdas financeiras e de autoridade, entre outras coisas.

A internet é, nos dias de hoje, uma das melhores formas para atrair pessoas para um estabelecimento físico ou para uma plataforma de delivery. É possível encontrar os clientes certos nas redes sociais, com produção de conteúdo de qualidade, por meio de materiais otimizados em websites, com o auxílio de anúncios, etc.

Autor

Juliana Del Rosso

Juliana Del Rosso

Juliana Del Rosso é redatora de conteúdo com 8 anos de experiência no ramo. Ela gosta de criar nomes de empresas para ajudar novos empreendimentos.

Mostre todas as postagens de

We use cookies to offer you our service. By using this site, you agree to our: Cookie Policy