Gerador de Nome para empresas de Óleos Essenciais

Essencial Como Um Nome

Dentre os demais fatores que são indispensáveis à organização de uma nova empresa, o processo de escolha do nome figura entre as atribuições mais complexas, já que envolve uma série de decisões essenciais, muitas vezes completamente indefinidas para os empreendedores do mercado de óleos essenciais.

Em geral, para se tornar bem sucedida, uma companhia deve se preocupar muito além do que a venda de seus produtos ou serviços. 

Você já se deu conta, por exemplo, das razões pelas quais uma empresa é mais comumente lembrada do que outras, mesmo que ambas estejam no mesmo segmento? Certamente a resposta passa diretamente pelo investimento da referida marca em estratégias de marketing digital.

Se este é um assunto novo para você e não tem a menor ideia sobre que tipo de nome escolher para o seu negócio, este post foi pensado especialmente para ajudá-lo nesta tarefa. No decorrer deste conteúdo explicamos pontos cruciais e trouxemos dicas incríveis para facilitar sua tarefa de encontrar o nome perfeito para o seu negócio. Boa leitura!

Como usar o gerador de nomes para negócios de óleos essenciais?

O Gerador de Nome para empresas de Óleos Essenciais é uma ferramenta que utiliza uma inteligência artificial para avaliar palavras-chave ligadas a determinado nicho ou segmento e, em seguida, sugerir opções interessantes para se nomear uma nova empresa. 

De modo geral, a plataforma tem um funcionamento simples, já que basta definir quais palavras serão usadas para calibrar o nosso filtro e, em seguida, tocar no botão “gerar”, para ter acesso a uma série de ideias com grande potencial.

Na última etapa, serão exibidas dezenas e dezenas de nomes que, muito embora não sejam oficialmente usados para batizar um negócio, mas podem trazer poderosos insights para chegar até o nome definitivo.

A seguir, preparamos um compilado com quatro etapas simples em que será possível encontrar o nome perfeito para o seu negócio de óleos essenciais através da nossa ferramenta. Confira:

Faça um brainstorming

Antes de mais nada, nomear uma empresa trata-se de um processo estritamente criativo. Portanto, antes de bater o martelo sobre essa decisão que passa diretamente sobre uma escolha tão importante, é essencial promover uma sessão de brainstorming, a fim de reunir o máximo possível de boas ideias para sua marca.

Para tanto, você pode começar estabelecendo palavras-chave que estejam ligadas ao seu negócio, especificamente, ou nicho de mercado. Nessa fase, o Gerador de Nome para empresas de Óleos Essenciais pode ser um poderoso aliado, afinal, por meio dele é possível encontrar rapidamente uma série de sugestões associadas ao mercado de óleos essenciais.

Experimente, por exemplo, incluir palavras como “Óleos”, “Flores”, “Essencias”, “Naturais”, etc. Perceba que além de estar diretamente associadas ao produto, as palavras também remetem a algo natural, que faz parte da missão desse tipo de negócio. Por fim, lembre-se que, inicialmente, o objetivo principal é criar o máximo possível de sugestões para nomear o seu negócio.

Selecione as melhores sugestões

Depois de criar uma lista extensa com possíveis nomes, o próximo passo é passá-los por um filtro. Nessa etapa, exclua qualquer sentença que seja difícil de lembrar, soletrar ou pronunciar em voz alta. Em contrapartida, prefira nomes com um boa sonora e nomes que possam transmitir a mensagem da sua marca para o público-alvo do seu negócio.

Mas, como fazer essa seleção de maneira efetiva? Tendo em vista que a escolha do nome de uma empresa não é uma tarefa fácil, apostar em um padrão para o seu filtro pode ajudá-lo a chegar mais facilmente a opções relevantes. Abaixo, confira uma lista de fatores que podem ser utilizados como critério para eliminar ideias menos eficientes:

  • Quanto é fácil para você se lembrar da ideia registrada?
  • É possível pronunciá-lo facilmente em voz alta?
  • Em que aspectos essa ideia difere seu negócio da concorrência?
  • Que tipo de mensagem o nome transmite?
  • O nome pode ser considerado um clichê ou modismo?

Peça um feedback

A essa altura você provavelmente terá uma lista mais enxuta, com pelo menos 10 bons nomes para batizar sua empresa de óleos essenciais. Assim, para reduzir ainda mais as possibilidades, pode ser interessante contar com o feedback de pessoas próximas a você ou o seu negócio.

Aqui, uma dica interessante é evitar a participação de amigos muito próximos e até mesmo de familiares. Isso porque, no geral, essas pessoas terão uma inclinação maior a acatar sua sugestão, sem mencionar que sua experiência para avaliar uma decisão dessa magnitude é pouco relevante, especialmente se comparado a um comprador em potencial.

Para ser mais justo, quando for analisar a experiência de outras pessoas em relação ao nome da sua marca, procure entender, por exemplo, o que elas sentem quando entram em contato com sua empresa pela primeira vez. 

Ainda, é interessante também verificar como os participantes mostraram, afinal, dessa forma pode-se avaliar melhor o quão fácil é escrever ou pronunciar o nome pretendido.

Após essa avaliação inicial, basta considerar, por exemplo, se os nomes sugeridos ainda se mostram com a mesma relevância de antes. Logo, caso tenha atingido o seu objetivo na hora de escolher o nome para o qual ele ficará conhecido, pode ser interessante levar essa ideia mais adiante.

Confira se está disponível

Em estudo elaborado pela Agência Pílula Criativa, que contou com a participação da empresa FG Marcas e Patentes, especializada no registro de marcas e patentes, percebeu-se um aumento considerável de empresas que realizam periodicamente consultas ao INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial, a fim de definir o melhor nome para uso, tendo, assim, descoberto a indisponibilidade para registro em razão de outras empresas já terem o registrado.

Em linhas gerais, isso ocorre especialmente porque muitas pessoas confundem o fato de já terem formalizado o seu negócio, seja em uma Junta Comercial ou Cartório. Afinal, esse fato não garante que a marca criada pode ser atribuída à sua propriedade — e é justamente por isso que é tão importante fazer o registro.

Por outro lado, é válido ressaltar que ao regredir quanto a decisão de um nome pode gerar inúmeros problemas, a começar pela perda total do investimento aplicado no registro anterior da marca pretendida. Além disso, uma eventual troca pode surgir em um processo extenso, difícil e muito cansativo.

Para simplesmente evitar esse tipo de transtorno, a melhor saída é conferir se o nome escolhido está disponível. Sendo assim, basta acessar o site do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Intelectual) e obter todos os detalhes do nome desejado.

Importante mencionar que nem sempre é tão simples fazer o registro legal de uma marca ou patente. Isso porque há diversos aspectos jurídicos que devem ser observados, já que eles podem interferir nos resultados encontrados através de uma busca rápida no INPI. Portanto, é necessário ter atenção a essas informações, sobretudo a sua interpretação.

20 ideias de nomes para negócio de óleos essenciais

Agora que você já sabe a importância de escolher o nome adequado para o seu modelo de negócios e conferiu dicas exclusivas para utilizar nosso Gerador de Nome para empresas de Óleos Essenciais, chegou a hora de ver, na prática, como obter excelentes insights — ou até mesmo se inspirar com as sugestões criadas através desta ferramenta.

Para ajudá-lo com isso, listamos, abaixo, 20 exemplos de nomes criados a partir dessa inteligência artificial. Confira nossa lista e veja como se inspirar para ter mais sucesso em seu processo criativo:

5 dicas exclusivas para nomear um negócio de óleos essenciais

Pensar um nome para sua marca é uma tarefa extremamente árdua e, portanto, exige muito esforço e dedicação. Isso se dá, especialmente pelo fato de que criar um nome nada mais é do que atribuir a uma marca sua identidade. Portanto, é como escolher o nome pelo qual uma pessoa será conhecida para o resto da sua vida. 

Por isso, é necessária muita atenção em relação a essa decisão, afinal, ela terá um peso e um significado muito grande. 

Como consequência dessa importância, é fato que sua escolha não pode ser influenciada por pressão e nem ser feita de modo imprudente. Para ajudá-lo nesta tarefa, listamos, abaixo, cinco dicas simples, porém, efetivas. Vamos lá?

1. Escolha um nome claro

O nome deve, antes de mais nada, transmitir uma mensagem clara sobre o que trata uma determinada empresa. Sendo assim, caso a sua marca seja “Snakcs”, poderá sugerir, por exemplo, tratar-se de um negócio ligado ao mercado de alimentação, como fast foods e demais cozinhas rápidas.

Utilizando este exemplo, jamais o termo poderia ser escolhido para caracterizar uma organização ligada ao mercado imobiliário. Afinal, além de muito confuso, poderia ser uma estratégia capaz de gerar grande resposta negativa do seu público.

Sendo assim, é fundamental utilizar, com clareza, palavras-chave que imprimam a essência da marca, seja por meio do seu nicho de mercado ou indústria em que está inserida. Assim, no caso de um negócio de óleos essenciais, pode ser muito mais relevante criar uma lista que inclui termos como “aroma”, “essências” ou “natural”.

2. Venda a identidade da marca

Tal como deve ser claro, o nome de uma empresa também deve descrever o negócio. Isso significa que ele precisa deixar claro quais são os objetivos, metas e razões pelas quais determinado negócio existe. Porém, isso não quer dizer que o nome escolhido deve ser literalmente descritivo, indicando apenas o seu produto.

É interessante pensar além disso, afinal, o nome perfeito deve ser capaz de exprimir a essência do seu negócio, bem como deixar claro para os consumidores o tipo de experiência e vantagens da marca.

3. Seja fácil de lembrar

Não é novidade para ninguém que o cérebro humano pode apresentar grande dificuldade em memorizar nomes. Isso ocorre porque ele acaba armazenando muitas informações de curto prazo. 

No dia a dia, o cérebro acaba mantendo detalhes em que estamos focados em um determinado período, logo, para que haja mais “espaço”, detalhes pouco relevantes podem acabar sendo eliminados, o que causa o famoso “branco”, quando tentamos lembrar do nome de algo ou alguém.

Nesse contexto, é essencial pensar em estratégias para driblar a tendência natural de esquecimento do cérebro, o que pode acometer pessoas em qualquer idade ou situação. Para fazer isso, que tal experimentar o uso de sentenças simples, curtas e familiares? Assim, fica mais fácil garantir que a marca seja memorável.

4. Crie um nome curto

Segundo especialistas, o cérebro é incapaz de processar um grande volume de informações ao mesmo tempo. Então, como vimos na dica anterior, é normal que as pessoas acabem se esquecendo de detalhes como o nome de uma marca.

Nesse contexto, uma boa solução pode ser criar nomes mais curtos, já que são mais fáceis de memorizar. Usar palavras que emitem sons familiares também pode auxiliar o consumidor a manter sempre vivo em sua memória o nome de uma marca que já faz parte da sua rotina de compras, por exemplo.

Prova disso é que muitas organizações de grande sucesso mundial são conhecidas por algumas siglas ou sentenças extremamente curtas, como Uber, Apple e IBM.

5. Escolha um nome fácil para escrever

Um erro de muitas pessoas na hora de batizar um negócio é achar que nomes exclusivos, ou seja, bastante peculiares podem ser o diferencial que destaca sua marca em meio a concorrência. 

Porém, como se trata de um negócio ainda não conhecido, e que está dando seus primeiros passos no mercado, essa estratégia pode demandar um grande investimento para chamar a atenção dos consumidores.

Sendo assim, além de simples e curto, o nome ideal também precisa ser fácil de pronunciar e escrever. Imagine, por exemplo, pessoas pesquisando sobre o seu produto nos motores de busca ou redes sociais com um nome errado? Dificilmente sua marca será encontrada.

Frequently Asked Questions (FAQ)

Escolha, preferencialmente, usar termos que reflitam o que o seu negócio representa. Pode ser também interessante nomear a sua empresa inspirado na mitologia, literatura ou palavras em outros idiomas.

Nomes de negócios de óleos essenciais devem ter um maior apelo para aromas, naturalismo e bem-estar. Confira algumas sugestões interessantes: Terra Mater Óleos, Essência de Rosas, Naturalis, NatureDerme.

Certamente que sim! Na hora de montar um negócio, toda e qualquer ajuda é bem- vinda, não é? Por conta disso, poder contar com ferramentas que vão ser uma grande mão na roda nesses momentos é um ganho de tempo enorme, já que você pode utilizar o tempo que perderia tentando escolher um nome para gerenciar o negócio, por exemplo.
We use cookies to offer you our service. By using this site, you agree to our: Cookie Policy