Gerador de Nome de Startup

Gere ideias de nomes para sua Startup abaixo.

Afinal, o que significa startup? É um termo do inglês que usamos no português sem traduzi-lo, porque na verdade, pegamos emprestado da língua e não há uma tradução oficial. Em resumo, é o ato de começar algo. Mas quando falamos em empresas, startup é um tipo de empresa. 

Segundo uma publicação do Sebrae, a definição atual para startup é “um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza”. 

O Brasil conta com mais de 14 mil startups. Se você está abrindo um negócio nesse formato e ainda não tem um nome para ele, seja bem-vindo ao Business Name Generator (BNG). Com esse gerador de nomes para startups você vai aprender tudo que é essencial para construção do melhor nome para sua marca. 

Guia completo para nomear sua startup

Dar o nome para um negócio é um desafio. Embora muitas pessoas não deem a devida importância nessa etapa de abertura de uma empresa, o nome deve transmitir a identidade de uma marca. Essa não é uma tarefa fácil, mas com as técnicas corretas você será capaz de construir um nome único no mercado e que te ajude a escalar o seu negócio de forma mais rápida. 

Para uma startup, um bom nome é um pilar importante para o sucesso da empresa. Se feito de forma estratégica e inteligente, ele estreita a relação com os clientes e te destaca entre os concorrentes. Esse gerador de nomes para startups quer te entregar mais do que boas ideias, por isso, durante esse guia nós queremos te ensinar todos os pontos fundamentais a serem considerados na hora de nomear sua marca. Vamos lá!

Link da imagem: https://www.pexels.com/pt-br/foto/foto-de-mulheres-no-encontro-3811082/
Foto de RF._.studio no Pexels

Qual o propósito da startup?

Você já parou para pensar qual seu objetivo com sua startup? O que você deseja realizar com ela? Qual impacto gostaria que ela deixasse no mundo? Como você quer que a sua empresa esteja em 10 anos? 

Ter um propósito de marca é o primeiro passo, não apenas para nomear seu negócio, mas para caminhar rumo ao sucesso. Em resumo, propósito é aquilo que sua startup entrega de valioso e de forma diferenciada. E isso reflete a identidade do negócio, sua essência.

Quando você tem clareza disso, fica fácil elencar palavras-chaves que transmitam a alma da marca em toda a estratégia de marketing, inclusive em seu nome. Saber onde você quer chegar é importante para não limitar seu negócio desde o início. 

Uma empresa de bolsas artesanais, por exemplo, pode começar de forma bem segmentada produzindo apenas bolsas, mas se a ideia é expandir para criação de outros acessórios, não seria interessante usar a palavra “bolsa” na criação do nome. 

Mesmo que você não possa prever o futuro, ter objetivos claramente definidos do seu propósito e objetivos a longo prazo, ajuda no crescimento da empresa e na construção de um nome mais autêntico, isso tudo é fundamental para a identidade da sua startup antes mesmo de ela nascer. É com isso que a equipe do gerador de nomes para startups quer te ajudar!

Quem é o público-alvo?

Encontrando as respostas acima, você parte para uma etapa importante: o estudo do seu público-alvo. Esse é um passo que requer pesquisa e estudo. O nome não deve estar atrelado apenas ao produto, ele deve ser claro e gerar identificação com seu cliente em potencial. 

Público-alvo é uma parcela do mercado que tem mais afinidade com sua marca. E quando você comunica seu propósito direcionado para um público, fica mais fácil construir um nome que tenha um valor mais profundo, assim eles conseguirão captar a natureza do seu negócio. 

É necessário pesquisa para entender o comportamento do seu público-alvo. Assim você entenderá quais são seus interesses, quais tipos de marcas eles consomem e porquê, quais são os valores importantes para essa parcela de consumidores, entre outras respostas importantes. É a compreensão dos interesses deles que vai te guiar na construção de um nome potente, que fique em suas mentes e ajude seu negócio a crescer.

A linguagem certa para uma startup de tecnologia 

Quando estamos falando especificamente de uma startup de tecnologia, a definição do público-alvo é ainda mais importante para seu sucesso. Elas podem ser:

  • B2B – business to business – Empresas que vendem para outras empresas
  • B2C – business to consumer – Empresas que vendem para o “consumidor final”.

Uma empresa de tecnologia B2B precisa de um nome mais técnico e robusto, que comunique mais racionalidade, já uma B2C deve apelar para relações mais emocionais com seus clientes. 

A Apple, por exemplo, é uma marca B2C alegre e divertida. Seu nome não tem relação nenhuma com a tecnologia, é curto, simples e memorável. Por outro lado, a Microsoft é uma empresa que começou quase totalmente B2B. Seu nome é descritivo e técnico, ainda assim relevante e fácil de lembrar. 

Para a sua startup de tecnologia você precisa considerar: você é uma empresa B2B ou B2C? Essa definição é importante, pois saiba que seu nome deve transmitir sua identidade e ainda usar a linguagem certa para atrair seu público-alvo. 

7 dicas para nomear sua empresa startup

Como vimos, um bom nome empresarial deve ter algumas características fundamentais. Comunicar a essência da marca, manter a simplicidade e ser facilmente lembrável são algumas delas. Por esse motivo selecionamos dicas fundamentais para você construir o melhor nome para seu negócio:

1. Faça uma análise da concorrência

Antes de mais nada é preciso conhecer seus concorrentes. Mapeie todas as startups do mesmo segmento da sua região ou mesmo as que atuam online. Esse é um passo que vai evitar perda de tempo e problemas futuros. 

Esse estudo vai revelar as principais palavras-chave usadas pelos concorrentes, mostrando o que você deve evitar. Analise o nome da concorrência de forma mais profunda, entendendo o porquê da escolha e tente descobrir quais os valores eles estão comunicando com tal nome. Liste as empresas com os melhores nomes e crie um nome ainda mais original.

2. Não seja um dicionário com definição

Um erro bem comum é usar um nome muito descritivo. Além de ser pouco original, não te destaca entre os concorrentes. Uma coisa é comunicar sua essência e identidade, outra é definir sua empresa como um dicionário faz. Não use os termos clichês do seu ramo e busque autenticidade nas palavras-chave. 

A dica de ouro é não se limitar e enxergar possibilidades futuras. Imagine se a Amazon tivesse escolhido um nome que descrevesse seus serviços quando só vendia livros. Com certeza “A loja de livros online” não é tão memorável quanto “Amazon”. Um ótimo nome deve levar seu sentido nas entrelinhas, contando uma história por trás das palavras.  

3. Seja memorável

Ser memorável é ser lembrado. E criar um nome que grude na mente do seu cliente é um desafio que você deve encarar. Lembre-se que seu objetivo é chamar – e ganhar – a atenção do seu público-alvo entre os concorrentes após uma pesquisa online. Seu nome precisa se destacar na lista. 

Para isso, tente usar uma articulação ritmada ou aliteração, ou seja, faça uma repetição de sons em uma sequência de sílabas ou palavras, como PicPay. Outra dica é tentar combinar uma palavra que não seja relevante quando estiver fora do contexto do segmento, como “Apple”. O termo isolado não está ligado ao mundo da tecnologia, mas já virou um ícone do setor. Essa é uma estratégia para criar um nome que faça sentido como algo único.  

4. Menos é mais

Essa dica complementa a de cima, também é uma forma de tornar o nome memorável. É mais fácil lembrar de algo curto e simples. Mas atenção, simples não quer dizer clichê. Pense em Google, Amazon ou Nike. Você consegue imaginar essas empresas decolando se tivessem mantido seus nomes originais? A Nike deveria se chamar “Blue Ribbon Sport”. É grande e nada atraente. O Google seria chamado de “Back Rub”. É estranho e soa muito aleatório. Imagine alguém dizendo “apenas dê um Back Rub”? Talvez ele não teria se tornado tão popular. 

Um nome curto, original e de fácil compreensão é essencial para o crescimento e sucesso da startup. Seus clientes precisam saber dizer o nome da empresa sem dificuldade. Imagine você ter que ficar corrigindo as pessoas ou se dar conta que chamam sua startup do jeito errado. Uma boa dica para isso é: se a pessoa consegue escrever o nome apenas escutando a palavra é sinal de que está bom. 

5. Faça um brainstorm com as ideias de nomes

Brainstorm quer dizer junção de ideias. Na verdade, quer dizer, sentar e anotar todos os nomes que vem à mente quando você pensa na sua startup, sem filtrar nada ainda. Melhor ainda quando esse brainstorm é feito com a equipe. E claro, esses nomes devem estar conectados à missão da empresa. 

Liste todas as palavras-chaves que surgem na sua mente quando pensar na essência do seu negócio. Construa pelo menos uns 20 bons nomes, para isso você pode usar a barra de pesquisas do gerador de nomes para startups no topo da página.

Depois disso, reduza sua lista e fique apenas com as 5 melhores ideias. Comece removendo os nomes mais difíceis de lembrar, soletrar ou pronunciar. Mantenha na sua lista os nomes com boa sonoridade e que, de fato, comuniquem os valores da sua marca e sejam originais. Use os seguintes questionamentos para te ajudar nesse corte: 

  • O nome é simples e fácil de lembrar?
  • O nome é fácil de ler e falar em voz alta?
  • O nome é diferente dos concorrentes?
  • O nome comunica um significado relevante?
  • O nome evita palavras usadas em excesso ou clichês?

Na próxima seção vamos te mostrar de que forma você pode definir palavras-chaves essenciais do seu mercado. 

6. Pergunte aos seus clientes em potencial

Lembre-se, você e seus amigos não são seu público-alvo. Você precisa de um nome que se comunique com eles da forma certa. Se o seu público-alvo são grandes bancos internacionais, provavelmente, seu nome corporativo precisa de um tom mais sério e formal. Para ter certeza de que o nome transmite o que você imaginava, pergunte ao seu público.

Nessa etapa você ainda tem 5 bons nomes, peça a opinião de pessoas do ramo ou aplique uma pesquisa para os seus potenciais clientes. Ao conversar com essas pessoas, pergunte qual a primeira coisa que vem na mente delas quando escutam o nome, se elas consideram fácil de lembrar e peça para que soletrem. 

Essas respostas vão trazer uma noção se os nomes são ou não relevantes como você imaginava. Mas evite perguntar para seus amigos e familiares, a tendência é que eles não sejam verdadeiramente críticos, elogiando todas as suas ideias. Corte as menos relevantes, mas fique com pelo menos 2 ou três nomes. 

7. Confira a disponibilidade

A ideia é que você chegue aqui com suas 3 melhores opções. Mas calma aí, antes de decidir mesmo, você precisa checar se essas opções estão disponíveis. Confira se esse nome está mesmo disponível para Registro de Marca. Seria uma tremenda dor de cabeça desrespeitar alguma marca registrada. E claro, registre a sua para garantir a singularidade do seu nome. 

Ainda, verifique a disponibilidade do domínio para montar um site (se estiver disponível garanta ele para você, mesmo que a ideia seja montar um site apenas mais para frente). Por fim, veja se o nome está livre nas redes sociais do seu interesse. Não é muito bom para os negócios quando a startup precisa usar outros nomes nas redes sociais ou em seu site. 

Com essas dicas e o gerador de nomes para startups, você poderá construir um no singular e original. Mas nós queremos te mostrar outras fontes de palavras-chaves que você pode usar na barra de pesquisas do gerador acima, por isso, convidamos você para conferir as estratégias que selecionamos na seção abaixo.

Estratégias para encontrar palavras-chaves diretamente relacionadas com seu setor

Agora que você já sabe como construir um bom nome para sua startup, é preciso encontrar palavras relacionadas com o seu segmento. Startups podem ser dos mais variados setores, portanto, seria impossível listar palavras-chaves aqui, por esse motivo, a equipe do gerador de nomes para startups vai te ensinar a elencar as suas. Vamos lá?

  • Verbos – Os verbos são uma ótima estratégia para escolher o nome de uma empresa. Eles indicam movimento e podem sugerir uma ação ao cliente ou mesmo transmitir outros valores. É bem comum que sejam usados em nomes empresariais no modo imperativo, mas também é possível usar outras conjugações. Exemplo: Contabilizei (Verbo contabilizar no passado).
  • Adjetivos – Como você descreve sua startup? Ou como você quer que seus clientes descrevam os serviços que ela realiza ou produtos que entrega? Essa pergunta vai trazer alguns adjetivos como resposta. Os adjetivos podem ser uma maneira inteligente de expressar a identidade da sua marca, já que eles atribuem uma qualidade para algo. O segredo é encontrar aqueles que mais combinam com a sua empresa. Exemplo: Fanatics (Adjetivo em inglês que quer dizer fanático).
  • Outras palavras relacionadas – As demais palavras do ramo que não se encaixam nas categorias acima também são importantes. Essas geralmente são os substantivos e você vai listá-las em maior quantidade. Vamos usar o ramo da tecnologia como exemplo. Navegar (na internet) seria um verbo, veloz seria um adjetivo, já computador é uma palavra que não se enquadra nas outras classes mas está diretamente ligado ao setor. Exemplo: Compass (Substantivo em inglês que significa bússola).
  • Termos em inglês – Uma boa estratégia é usar palavras em inglês para nomear sua startup brasileira. Se for de compreensão do público-alvo confere mais credibilidade ao negócio. Por isso, termos estrangeiros são tão comuns em nomes de empresas. Apenas tenha em mente que, nesse caso, é preciso escolher uma palavra que soe bem e familiar aos clientes. Evite termos complicados para escrever ou pronunciar. Exemplo: Stone (Startup brasileira que optou por uma palavra em inglês. Stone significa Pedra).
  • Combinação de palavras – Essa é uma forma bem original de nomear uma marca: combinando duas ou mais palavras relacionadas com o ramo. Basta ser criativo e tomar alguns cuidados técnicos. A junção deve soar bem, para isso, evite o encontro de muitas consoantes, já que em português as vogais trazem mais fluidez. O novo termo também precisa ser fácil de escrever e lembrar. E claro, por fim, escolha palavras-chaves relacionadas com o segmento e/ou propósito. Exemplo: Hotmart (Junção de Hot + Smart, que significam quente e inteligente, respectivamente).

Faça uma lista de palavras dessas cinco categorias relacionadas com seu ramo. Melhor ainda se você associar isso com seu propósito, com certeza encontrará palavras-chaves únicas no mercado. Na hora do seu brainstorm, você pode usar essa lista para criar nomes autênticos e singulares. Lembre-se de contar com a ajuda do gerador de nomes para startups para encontrar centenas de ideias. 

Conheça alguns concorrentes

Como vimos anteriormente, conhecer os concorrentes é parte essencial no processo de construção do nome de uma marca. Afinal, você não quer ser só mais um na lista infinita de concorrentes e sim se destacar na multidão com um nome autêntico. 

Para te ajudar nessa tarefa, abaixo fizemos uma seleção de alguns nomes para analisarmos. De qualquer forma, é muito importante que você faça isso também com a concorrência na sua região, especialmente relacionada com seu nicho de mercado.


INTERNACIONAL

  • AimBrain – Essa empresa trabalha com autenticação biométrica. Ela realiza o reconhecimento facial, de voz e comportamental. Sua ideia inicial era prevenir fraudes em bancos através do seu sistema inteligente de controle. A palavra “brain”, que significa cérebro em inglês, transmite exatamente isso. Já “aim”, que quer dizer alvo, mira ou ainda objetivo, reforça a ideia da leitura facial. É um nome curto e fácil de falar. Embora tenha um tom mais sério, ele possui uma rima que o torna fluido e memorável.
  • Rootine – Essa startup foi muito inteligente na escolha do seu nome. Eles personalizam suplementos para seus clientes com base nos dados genéticos. A estratégia usada foi a da combinação: Root (raiz) + routine (rotina). Root, nesse caso, se refere tanto ao ingrediente natural dos suplementos quanto ao fato de sugerir que a empresa está resolvendo a “raiz” da questão. Já “routine” indica que os suplementos devem fazer parte da sua rotina diária. É uma combinação única que transmite a identidade da marca.
  • The Clear Cut – Essa startup de Nova Iorque oferece um serviço de projeção de anéis de compromisso para seus clientes. A palavra “clear”, que quer dizer transparente, faz referência à cor dos diamantes. Já “cut”, corte em inglês, indica a ação de moldagem de joias preciosas. Esse nome não restringe a empresa, que com o passar do tempo pode expandir seus serviços e criar uma joalheria de alta qualidade, luxo e personalizada.

NACIONAL

  • Classapp –  Esse nome comunica duas coisas altamente associadas ao seu serviço: aula e aplicativo. A startup Classapp desenvolveu um aplicativo de comunicação escolar, oferecendo uma forma prática e segura de integrar famílias e escolas, visando facilitar o dia a dia. É um nome fácil de falar e lembrar, bem conectado com o propósito da marca: “fortalecer o laço entre escolas e famílias através de uma comunicação acolhedora”. 
  • Arquivei –  Esse nome é simples e potente. Usando a estratégia do verbo (no passado) para comunicar seu serviço, a empresa resume tudo em uma só palavra. A missão dessa startup era dar suporte ao compliance fiscal e facilitar  as obrigações fiscais das empresas. Hoje, a Arquivei é um aplicativo web completo que permite realizar a consulta, gestão e download de notas fiscais eletrônicas.
  • Postmetria – Essa startup é uma plataforma que identifica o grau de satisfação espontânea dos consumidores através de inteligência artificial (IA). O nome é uma combinação de palavras relacionadas com o mercado. Enquanto post faz referência ao mundo digital, metria lembra métrica de dados. O nome é uma síntese, bem original e inteligente, do que a empresa faz.

Chegamos ao fim desse guia, mas agora é sua hora de colocar todas as dicas em prática. Experimente usar nosso gerador de nomes para startup para contar com milhares de ideias de nomes baseados nas palavras-chaves que você escolheu. Vimos que definir o nome de uma marca é uma responsabilidade grande e um passo importante nessa jornada empreendedora, por isso deve ser feito de forma estratégica e planejada. 

Esperamos ter atingido o objetivo desse guia: trazer informações suficientes para despertar sua criatividade e as melhores dicas para a criação de um nome único no mercado. Sucesso!

Guias de nomes relacionados

Gerador de nomes para marcas

Gerador de nomes de domínio